RJ (21) 3105-8822      RJ (21) 98705-8661

Quais são os melhores Indicadores de Resultados?

Quais são os melhores Indicadores de Resultados

Mesmo após anos de atividades, muitos empresários não se dedicam a entender seus indicadores de rentabilidade do seu negócio e o que eles falam sobre a saúde da empresa. Aprender mais sobre eles ajuda a ter mais controle sobre as suas ações e dá ao gestor maior poder de decisão. Desta forma, confira a seguir uma relação dos principais indicadores de rentabilidade e saiba como utilizá-los para projeções ainda mais assertivas.

Afinal, o que são indicadores de rentabilidade?

Em qualquer empreendimento, muita coisa pode ser medida em números. Não importa a área de atuação nem o tamanho da organização, sempre é possível conhecer, de maneira mais ou menos aproximada, o que está acontecendo com o negócio por meio de métricas.

O empresário pode querer saber, por exemplo, quanto vendeu em certo período, quanto custa seu estoque total ou qual o tamanho da sua dívida com credores. Todos esses são valores que, ao serem relacionados, apresentam diferentes índices de rentabilidade.

A importância dos índices de rentabilidade está no fato de que eles são os indicadores mais confiáveis do comportamento de uma empresa. Por serem baseados em dados quantitativos, um investidor tem muito mais segurança nas suas decisões. Afinal, um empresário pode até ser carismático, mas é o retorno sobre o investimento que vai comprovar a competência da gestão.

Principais indicadores de rentabilidade

A seguir, confira alguns dos principais indicadores de rentabilidade que toda empresa apresenta e saiba como mensurar os seus resultados:

Indicador de margem

Consideremos primeiramente a margem bruta: este indicador apresenta a lucratividade do seu negócio após ter pago todos os custos do produto e mercadorias. É a porcentagem que você ganha em cada venda. Para os investidores, mostra quais as empresas são mais lucrativas e permite compará-las. Este é o seu cálculo:

Margem Bruta = Lucro Bruto/Receita Líquida

Já a margem líquida é o lucro líquido que a empresa faz para cada real em receita. Ou seja, é a quantidade de dinheiro que a empresa lucra a cada real de receita obtido depois de pagar todas as suas despesas e impostos.

Margem Líquida = Lucro Líquido/Receita Líquida

Retorno sobre ativo ou Retorno sobre o investimento

Esse índice é uma dos mais populares. Ele apresenta o ativo total da empresa está trazendo de retorno para cada real investido. Esta é a sua fórmula:

Rentabilidade do ativo = (Lucro líquido/Ativo total) x 100

Isso significa que quanto maior a porcentagem, maior também será a rentabilidade do ativo em determinado período. Este indicador serve para constatar a aceleração ou desaceleração do negócio em determinados períodos.

Retorno sobre patrimônio líquido

É o resultado do lucro líquido dividido pelo patrimônio líquido. É muito simples e muito importante para a saúde do seu negócio. Assim, um retorno sobre o patrimônio líquido apresenta um patrimônio líquido e um lucro líquido crescentes, significa que a empresa está reinvestindo capital e, com isso, crescendo progressivamente.

Ebitda

Ebitda é uma sigla em inglês que se refere aos Lucros Antes dos Impostos, Juros, Amortizações e Depreciações (LAJIDA). É um dos índices de rentabilidade mais usados, já que indica o lucro operacional da companhia, revelando seu potencial de geração de caixa.

Índice de preço sobre lucro

É um indicador muito importante ao lidar com investidores para o negócio, pois ele indica o interesse do mercado em apostar no produto ou serviço da empresa.

É o principal índice de valor de mercado. Apresenta a expectativa de um investidor sobre o ativo em questão, ou seja, o quanto um investidor está disposto a pagar por cada real de lucro adquirido. Esta é a sua fórmula:

Índice de preço/lucro = Preço do ativo/Lucro do ativo

Índice de endividamento geral

Com este indicador, é possível saber se a empresa apresenta risco em seu fluxo de caixa, bem como é possível medir os limites de segurança de endividamento de uma empresa. Aponta ainda o quanto do valor do ativo refere-se aos custos com capital de terceiros. Esta é a fórmula:

Endividamento geral = (Capital de terceiros/Ativos totais) x 100

Fonte: ospcontabilidade

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência no nosso site.